uma opinião

A Baixada chama por um papo à vera

A Baixada chama por um papo à vera Tenho lembrado das aulas dos professores Wanderley Guilherme dos Santos, Renato Lessa e de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro. Queria muito ver um colóquio com os cinco professores. Isto, porque têm mais. Ajudaria muito, as reflexões ilustrativa, ao nosso entendimento do processo político brasileiro,
evento história música uma boa

Lira de Ouro, um sonho sexagenário

Quando os fundadores da Sociedade Musical e Artística Lira de Ouro começaram a fazer as primeiras reuniões para dar origem a nossa amada Lira de Ouro, não poderiam imaginar que estavam fundando uma instituição sexagenária. Você consegue lembrar quantas empresas e instituições conseguem sobreviver há tanto tempo? A Lira conseguiu, e pulsa
uma opinião

Um pouco sobre a luta pela terra em Caxias

Estive no assentamento Terra Prometida e pude conhecer a resistência e força de pessoas que lutam pelo chão e pelo trabalho. Conversamos com Daniel, liderança na luta pelo pequeno produtor agrícola familiar e conhecemos pessoas de fibra e determinação como Cosme, Bia, Valeria e tantas outras que lutam pela terra. Em Duque
uma opinião

Ideias para transformar o presente

Está é mais uma das iniciativas para a construção de cidades mais justas, democráticas e dispostas a enfrentar os inúmeros problemas sociais e econômicos que marcam o território metropolitano. Da Zona Oeste do Rio de Janeiro, passando por Santa Cruz, Campo Grande, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Belford Roxo e Duque
uma opinião

Seis famílias controlam 70% da imprensa no Brasil

Fundador do Wikileaks, Julian Assange, realiza uma análise verdadeira e reveladora sobre a concentração da mídia e os principais gargalos democráticos em relação à produção e distribuição da informação no Brasil e no mundo. “Quando falamos em liberdade de expressão, temos de incluir a liberdade de distribuição, uma das coisas mais importantes
uma opinião

Só na quadrilha – anarriê!

Nestas tardes de escândalos fico eu pensando se não há maneira mais criativa de criticar do que ficar balbuciando o que a imoral calhorda de minha cidade vive a aprontando? Ai vai. Havia uma quadrilha no período de D. João VI que dizia: … “Quem furta pouco é ladrão,/ quem furta muito
top