Atenção Rede Municipal de Duque de Caxias

A luta contra meritocracia não pode parar!!!

 

Sem discutir com os profissionais da educação da rede municipal, a SME está tentando obrigar as escolas municipais a aplicarem uma prova chamada de Prova Caxias. Não podemos nos iludir: esta é mais uma avaliação externa, padronizada e que pode ser utilizada para aplicação da meritocracia que tanto agride nossos princípios na luta em defesa da educação pública de qualidade para todos.

Desde 2005 lutamos na rede municipal de Caxias contra a aplicação do Anresc (depois transformado em Prova Brasil). Sempre nos posicionamos contrários ao ranking criado a partir do IDEB e reafirmamos em várias assembléias a disposição para lutar contra qualquer política pública baseada neste tipo de instrumento.

Coincidentemente (ou não) esta “Prova Caxias” aparece no mesmo momento em que a SME admite estar realizando estudos para mudar nosso plano de carreira e introduzir nele aspectos de avaliação por desempenho. Esta política já foi implantada na rede municipal do Rio e está em fase de implantação na Rede Estadual. Com base nestas provas, os governos estabelecem gratificações e salários variáveis, tentando culpar os profissionais da educação por todo o descaso de que são responsáveis enquanto governantes. Querem continuar a aplicar o mínimo em educação e jogar a responsabilidade da solução dos problemas educacionais nas costas dos trabalhadores que à duras penas, mantém as escolas funcionando. Não aceitaremos isso!

Ao contrário de tentar introduzir na rede de Caxias uma avaliação padronizada e meritocrática, o governo Zito deveria encaminhar imediatamente o Plano Municipal de Educação construído pela sociedade duquecaxiense para ser votado na Câmara de Vereadores. Neste documento e nos debates que foram realizados para sua construção, está o diagnóstico da educação municipal em Caxias. Na aprovação de suas metas e de suas medidas estão as saídas para a melhoria da qualidade da educação pública em nosso município. Não precisamos de nenhuma prova padronizada para realizar tarefas que já foram feitas.

Por tudo isso, chamamos os profissionais desta rede a boicotar a aplicação da Prova Caxias. Educação não é mercadoria e escola não é fábrica. Uma avaliação padronizada só serve para esconder as responsabilidades do governo e é um ataque que não podemos aceitar.

 

Não à meritocracia!

Não à avaliação por desempenho no Plano de Carreira!

Pelo imediato envio do PME à Câmara para sua aprovação!

Por uma educação pública de qualidade para todos!

 

Sepe Caxias – Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação
http://sepecaxias.org.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=86:atencao-rede-municipala-luta-contra-meritocracia-nao-pode-parar&catid=2:noticias-home-destaque