Se for parar para analisar, a federalização já ocorre em grande parte. Na escola em que trabalho em Santa Cruz da Serra, Duque de Caxias/RJ, a gente só consegue fazer alguma melhoria com as verbas federais, que chegam diretamente para a escola. Se depender da Prefeitura Municipal, nem pintura a escola recebe.

E olha que estamos falando de uma das 10 cidades mais ricas do país (não lembro agora a posição exata no ranking). Vale ressaltar que o país tem cerca de 5.570 cidades. Que Duque de Caxias teve um aumento da verba para educação, entre 2013 e 2014, de 16%, totalizando cerca de R$ 230 milhões. Deste total, 60% devendo ser investido na valorização do profissional e 40% na melhoria de infraestrutura.
Então, como explicar que uma cidade que tem, só em 2014, R$ 92 milhões pra investir na infraestrutura das escolas (pouco mais de 170, totalizando cerca de R$ 540 mil por escola), consegue ter uma das redes mais precárias do estado do RJ, onde falta até o mais básico: papel A4?

A pergunta que não quer calar é: pra onde a corja ZITO, WASHINGTON REIS e ALEXANDRE CARDOSO desviam todo esse dinheiro? Por que ninguém fiscaliza? Por que esses marginais eleitos por esse povo alienado não tem punição?
Mas eu fui fazer greve e cobrar do governo o que é meu direito enquanto professor e cidadão. Consequência: fiquei sem o salário do mês (contra-cheque zeradinho!). E a desembargadora Leila Mariano, dá razão a esse governo corrupto do Eduardo Paes, sem em nenhum momento ao menos ressaltar quantas leis a prefeitura infringiu ao descontar os salários dos profissionais sem a greve ter sido julgada ilegal.

Esse é o Rio de Janeiro. Essa é Duque de Caxias. Esse é o Brasil. Tem solução? Não vislumbro nenhuma que não passe pela total demolição de tudo que aí está, para começarmos do zero, de uma maneira mais acertada. E ponto

.

http://www.paraiba.com.br/2014/07/11/12432-senado-discute-a-realizacao-de-um-plebiscito-para-a-federalizacao-da-educacao