“SE O CURUPIRA FIZER O MOON WALKER ELE VAI PRA FRENTE OU VAI DE RÉ, PERGUNTO EU….”
O Curupira solta assovios agudos para assustar e confundir caçadores e derrubadores de árvores de xerem, além de criar ilusões, até que os malfeitores se percam, nem que seja o mandato ou enlouqueçam…
Então ai vai:
ssssssssfffffffiiiiiiiilllllllllllllllllllllll!!!!!!!!!!!!!!!!
Posso mostrar, posso ser e rir e brincar com as
malvadas palavras, trapacear com os versos, como fiz, ou tropeçar com as frases.
Cair ,descrever esquecer e fugir como um caveirão carioca , pensei fugir pela neurose (Estranho meeeesmo)Eu sou estranho… Porque a palavra não é a barcaça de sentido que navega pelo caminho traçado… Sentido que se forma onde? Na máscara fria e arrogante e solitária ou no riso?????
“Grande coisa – Grande palerma.”
O medo das respostas que vão te dar..Só penso que queria absorver o medo todo pra mim…
Mas na simples loucura falta a poesia e não há vida sem ela.
Qual poesia? Where’s the rap?

Será que estamos dando volta no estilo moon walker numa mata fechada de palavras afiadas eternamente?

“O segredo, na verdade, é não fazer. Tudo está sendo feito pela própria natureza, a gente só tem que observar e assumir uma parceria com ela, entrando num sistema de co-criação. Tudo o que precisamos fazer é descobrir nossa função junto àquele ecossistema para que ele possa se desenvolver melhor. E seguir o princípio do Tao, o fluxo da própria natureza.” Ernest Götsch


slowdabf

Slow Da Bf é Mestre de Cerimônias - Blogueiro - Poeta e Grafiteiro . Escreve no www.tododiaumtextonovo.blogspot.com e faz parte do Mate Com Angu Cineclube - Cinema Para Todos - Universal Zulu Nation

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookYouTube