Saldo do último Natal em Duque de Caxias, uma das cidades mais ricas da América Latina: montanhas absurdas de lixo pelas ruas; um milhão de pessoas comprando freneticamente no calçadão; uma denúncia do Ministério Público sobre desvio de 700 milhões da Saúde; um prefeito sumido; ruas às escuras; e o clima lamentável de fim de festa de um governo desastroso.

Incrível como a despeito dos esforços de vários setores da cidade em reverter a imagem ruim que Duque de Caxias tem na mídia, nos últimos anos a gestão atual foi pródiga em colocar a cidade nos noticiários negativamente.

E como em segurança pública o Estado tem deixado muito a desejar, até isso acabou na conta do Amiguzito, um pacote completo que foi aberto junto com as urnas do último processo eleitoral.

Faltou um baile na Ilha Fiscal… Ops, será que faltou ou rolou e a gente não soube??

___________________________________________________________________________________________

 

Antes que o clima de final de ano tome conta de tudo é preciso registrar uma coisa. Por conta da situação calamitosa da coleta do lixo, alguns assuntos bizarros ficaram em segundo plano, mas que também não podem ser esquecidos. Dificilmente Xande Bigode vai chegar de sola, tipo pedindo uma auditoria geral, por exemplo. Mas que merecia, merecia…

___________________________________________________________________________________________

 

Dia 21 último, enquanto pessoas esperavam o fim do mundo, segundo algumas interpretações do calendário maia, em Caxias a espera tem sido pelo fim do imundo.

 

___________________________________________________________________________________________

 

Das muitas centenas de fotos de que inundaram as redes sociais mostrando o lixo na cidade, pra mim a mais sem noção foi essa aí da mensagem de Feliz Natal no calçadão… Pura falta de simancol.

calcadao1

 

 

calcadao2

 

___________________________________________________________________________________________

 

Na entrevista coletiva de ontem no Hotel Mont Blanc, o prefeito eleito Xande Bigode falou sobre as estratégias para resolver a questão do lixo, no curto e no longo prazo, e chamou o projeto de Limpa Caxias. Sei não… Esse nome aí… Já fizeram muita limpa em Caxias nas últimas décadas, principalmente nos cofres públicos…

 

___________________________________________________________________________________________

 

E a propósito, por onde andará o Amiguzito, o Batoré, o Wally e Dom Sebastião?


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube