CIEP 171, na Vila Getúlio Cabral. Com esse número dá pra imaginar a quantidade de piadas que os alunos fazem do colégio e de quem estuda nele. É sempre bom lembrar a história dos CIEP’s, dos animadores culturais e de uma escola que não serve apenas para dar aula. Quando estou num CIEP, gosto de pensar que estou dentro das linhas e das curvas de Oscar Niemeyer.

Durante o final de semana, rola um pré-vestibular comunitário no CIEP 171. Essa é outra coisa que gosto de pensar. O movimento de pré-vestibular comunitário, que começou na década de 90, permanece vivo até hoje agitando uma galera nas periferias de todo país. Num sábado desses, fui dar aula de geografia no pré. O horário de 11:00 as 12:30, fui a pé até o 171 com o sol esquentando a moleira. Entrei pelo portão e vi uns moleques jogando bola na quadra e outros andando de skate no pátio. A piscina estava cheia e a água tinha sido trocada a pouco tempo. Umas quinze crianças tomavam banho. Não tive dúvidas: Hoje eu tomo banho nessa parada! Subi, bati um papo com o pessoal da coordenação e fui para aula. Corrigimos exercícios de Fordismo x Toyotismo. Turma grande com maioria feminina e um número considerável de senhoras. No final da aula convidei os alunos para tomar banho de piscina. Acho que eles não me levaram muito a sério… Eu que não ia perder a piscina! thcutchuá… acho que o Darcy ia gostar.

 


Henrique Silveira

Henrique Silveira é geógrafo e mestre em Comunicação e Cultura pela UERJ/FEBF. É o Coordenador Executivo da Casa Fluminense.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook