Atrás daquela colina
Existe uma cidade
Que na noite escura
Esconde sua neblina
Abaixo da linha do mar.

E, nesta cidade,
Colinas após colinas
Um povo, na matina,
Levanta com bravura
E sai para trabalhar.

Atrás daquela neblina
Há um portal do tempo
Que guarda essa cidade
Desde o pé daquela serra
Até a beira do mar…

.

(Alberto Ellobo)