Mudanças na Cultura institucional em Dallas. Nessa terça-feira, primeiro de dezembro, tomam posse na secretaria de Cultura André Oliveira como secretário e Beto Gaspari como sub, duas pessoas em quem confio e admiro há anos.

Como estou a meses afastado da militância político-cultural, nem comentarei muito agora; mas publicarei aqui na lurdinha.org uma avaliação mais detalhada nos próximos dias.

Por agora, posso dizer que André é o cara que todo mundo sempre soube que devia assumir a pasta, desde o princípio da atual gestão. Além de ter trânsito com uma parcela gigante do segmento cultural e artístico da região, é alguém que tem uma ficha corrida louvável de serviços prestados na área. Além de sempre ter sido um cara de somar e nunca de atrasar o lado de ninguém, mesmo de desafetos assumidos.

Já Beto Gaspari, não é só um dos artistas mais queridos da cidade; e não só um cara que tem um sentido de solidariedade dos mais sólidos que conheço; também não é só um guerreiro que inspira muita gente, Além disso, é um dos ativistas culturais que mais domina os meandros de tudo o que se acumulou de experiências da discussão cultural em Caxias, na Baixada e no Brasil nos últimos anos. Sobretudo da construção coletiva que vem sendo feita por gente de todo o país e que envolve conquistas, retrocessos, desejos e lutas amalgamadas no programa Cultura Viva, nas discussões pela PEC 150, do sonho da criação de um Sistema Nacional de Cultura e por aí vai.

Independente de qualquer coisa (principalmente de duas coisas, que são divergências sobre condução política e as dificuldades das amarras da máquina administrativa), enfim, independente de padre miguel, desejo sorte aos dois.


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube