Quem nunca parou por um breve momento em sua vida e desejou voltar ao tempo para resolver alguma questão que gostaria que tivesse tido um desfecho diferente, seja ela simples ou complexa? No cinema, filmes como “Em algum lugar do passado” ou “De volta para o futuro”, já trataram do tema e na TV, séries como a nostálgica “Túnel do Tempo” ou as atuais “Flash” e “Legends of Tomorrow”, também exploram as possibilidades da viagem através do tempo e ainda advertem para os possíveis perigos causados por mudanças na linha temporal.
Muitos imaginam que para realizar uma viagem extraordinária como essa, seja necessário uma “máquina do tempo” ou algum aparelho semelhante, o que cientificamente é bastante provável, embora ainda não tenhamos alcançado a tecnologia adequada.
Mas estive pensando e devo aqui esclarecer, não tenho a profundidade de conhecimento, mas apenas estive refletindo sobre o tema e veio à minha mente, a lembranças das pessoas que fazem previsões e que sabem falar do passado e do futuro das pessoas. Elas sempre dizem que tomam conhecimento dessas coisas por intermédio dos espíritos. Então penso, que a possibilidade da viagem no tempo, não esteja relacionada ao “físico” e sim ao espiritual. Porque se é possível que os espíritos possam saber tanto do passado, quanto do futuro, é porque no mundo astral, não há a barreira entre o tempo e o espaço. Que diferente de nós, que estamos presos ao tempo que vivemos, os espíritos possam se deslocar livremente por qual tempo desejar!
Seguindo essa linha de raciocínio, concluo que é possível sim, viajar no tempo, mas não com uma máquina e sim, apenas com o espírito! E para isso é preciso aprender e desenvolver técnicas que libertem o espírito do corpo, por que mesmo para andar, todos nós precisamos aprender a dar o primeiro passo e devemos para isso, começar a compreender a vida através do espírito e não da matéria como ponto de ignição!
Com certeza, há no mundo, pessoas que sabem como realizar essas viagens através de antigos ensinamentos, sejam místicos ou não, mas devo relembrar aqui neste final de texto, que não possuo base cientifica e nem tão pouco espiritual para comprovar tudo o que falei escrevendo essas palavras. Apenas segui uma linha de raciocínio e desenvolvi essa breve reflexão sobre a possibilidade da viagem no tempo. Sendo assim, não imagino o quanto posso estar certo ou errado, mas este é apenas o fruto do pensamento que desenvolvi pensando neste extraordinário tema!

Gutemberg F. Loki, Tubarão