E o jornal O Dia desse domingo último deu uma boa chamada para o próximo festival de inverno de Queimados, que já trouxe em outras edições muitos bons espetáculos teatrais para aquela cidade.

O Festival é prova cabal de que há um público ávido por arte e cultura na região – que só não é levado muito a sério por empresários e autoridades.

Muito legal da chamada é a foto escolhida, retirada do espetáculo A Incrível Peleja de Simão e a Morte, da Cia. De Arte Popular, peça premiada em vários festivais, e que, além de um elenco afiadíssimo, apuro musical e boa direção, tem os dedos do talentoso ator e diretor Cesário Candhi na dramaturgia.

A Incrível Peleja de Simão e a Morte, da Cia. De Arte Popular
A Incrível Peleja de Simão e a Morte, da Cia. De Arte Popular

 

Falando em Cesário Candhi, a nota triste da semana vem do blog do André de Oliveira( http://blogdoandredeoliveira.blogspot.com/2011/05/prefeitura-de-duque-de-caxias-nao.html), dando conta de que o espetáculo O Inspetor Geral teve problemas com a prefeitura de Caxias para se apresentar na praça do Pacificador (ex-praça).

A montagem é da companhia Queimados em Cena, dirigida pelo intrépido Leandro Santanna e conta no elenco com um time da pesada nas artes cênicas da Baixada. Além de contar com Cesário no elenco, a peça tem Lino Rocca encarando a difícil misssão de adaptar o famoso texto de Nikolai Gogol. E ainda, trilha sonora original do cantor e compositor Beto Gaspari.

O espetáculo já foi apresentado em várias praças da região e ainda rodará mais.
Que los burócratas não impeçam.

Cia. Queimados em Cena
Cia. Queimados em Cena

Aproveite e conheça um pouco do Cesário Candhi aqui:

 


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube