O encontro “Narrativas e resistências sobre homicídios na Baixada Fluminense – #BaixadaResiste” tem como objetivo unir atores da Baixada Fluminense, da sociedade civil em geral e do poder público para que se discuta o problema da violência letal na Baixada e apontar para soluções de prevenção e garantia dos direitos humanos na região.

O encontro acontecerá no dia 20/08 (segunda-feira), no auditório do Conselho Regional de Psicologia – CRP de Nova Iguaçu (R. Sebastião Herculano de Mattos, 41 – próximo à estação de trem Nova Iguaçu), a partir das 17h.

Programação completa:

17h – Exibição do filme Nossos Mortos Têm Voz (Quiprocó Filmes)
Documentário construído a partir do depoimento e do protagonismo das mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense. Tendo como ponto de partida esses casos, o documentário trabalha com as histórias atravessadas por essas perdas, resgatando a memória dessas vidas interrompidas através de uma visão crítica sobre a atuação do Estado através das polícias na Baixada, sobretudo no que diz respeito à violência contra jovens negros.

17h30 – Debate com Fórum Grita Baixada, ISER, Rede de Mães e Familiares da Baixada. Mediação: Quiprocó Filmes
O debate será conduzido através das apresentações da pesquisa Homicídios na Baixada Fluminense: Estado, mercado, criminalidade e poder (ISER) e da Cartografia Social: o impacto da militarização na vida das mulheres da Baixada Fluminense (Rede de Mães e Familiares da Baixada)*.

Página de evento para mais informações: https://web.facebook.com/events/287477695358516/

Narrativas e resistências sobre homicídios na Baixada Fluminense