Com o característico bom-humor comum aos cariocas, porém, sem deixar de ser mordaz os moradores do bairro Vila Leopoldina, em Duque de Caxias, resolveram tornar público e visível a indignação com o descaso por parte da prefeitura de Duque de Caxias, e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, no que se refere à restauração da canalização do rio Jacatirão. Uma contenção que havia ruiu há vários meses, mas, nada foi feito por nenhum dos dois governos até agora.

Duas faixas foram estendidas no que sobrou do guarda-corpo. Em uma delas, a população “agradece” ao prefeito, Alexandre Cardoso, e ao seu parceiro político, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), pelo “Piscinão do Valão Jacatirão”. Na outra, os moradores “comemoram” as escavações provocadas pela erosão das margens do rio como sendo “obras para a instalação do Metrô-Caxias”.

O rio Jacatirão corta pelo menos onze bairros desde o Centro de Duque de Caxias até desaguar no rio Sarapuí, no Jardim Gramacho. A canalização do mesmo foi concluída em 1998 e, desde então, nunca passou por manutenção. Vários trechos apresentam problemas e alguns até já desabaram. O ponto mais crítico é a margem esquerda da avenida Visconde de Cairu, entre as ruas Itu e Bagé, onde o terreno cedeu levando a rua e já ameaça residências próximas.

Após o desabamento funcionários da prefeitura de Duque de Caxias estiveram no local, colocaram tapumes e alguns sacos de areia, mas, os tapumes já foram removidos. Já os sacos de areia, com a continuidade da erosão, foram tragados pelo rio, bem como parte cada vez maior do leito da avenida Visconde de Cairu.

Foto: Alberto Ellobo

metrocaxias3