Essa semana rola o encerramento aqui em Dallas City do festival do meimilhão e não estarei presente por razões de não conseguir ser hipócrita. Já declarei publicamente que essa história me deixou bem puto e um pouco decepcionado. Puto com o processo todo por me sentir desrespeitado como realizador cultural na cidade, da forma que já expus: um evento desse valor, que até a véspera do lançamento ninguém sabia de nada, com ninguém consultado, com envolvimento zero de pessoas de Caxias. E decepcionado com o silêncio incômodo do segmento cultural que, ao que parece, ou não soube de nada e/ou achou de boa a forma como se deu o bagulho. Bem, eu não achei e por isso não estarei lá.

Mas, a parte que não é hipocrisia é que, apesar de minha bronca, torço para que o amigo Elvis Marlon ganhe essa parada lá. Por dois motivos bem claros: o primeiro pelo fato desse moleque ser um talento no qual levo muuita fé. Podem anotar o nome dele aí.

O segundo motivo é que seria uma forma de pelo menos uma parte desses 516 mil reais ficar com alguém da cidade.

.

Se você não leu:

Um festival de equívocos ou o velho problema das prioridades do investimento na área da Cultura

Se você não ouviu:

Soundcloud do Elvis Marlon: https://soundcloud.com/elvismarlon


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube