Um filme urgente e necessário.

No dia 27 de março vai rolar a pré-estreia do documentário Nossos Mortos Têm Voz, construído a partir do depoimento das mães e familiares vítimas da violência de Estado da Baixada Fluminense. A escolha da data busca dialogar e contribuir com a luta de mães e familiares vítimas da Chacina da Baixada por memória e justiça. No dia 31 de março de 2005, policiais do Estado do Rio de Janeiro assassinaram 29 pessoas, em Queimados e Nova Iguaçu.

O documentário traz à tona o depoimento de mães e familiares de vítimas da violência do Estado na Baixada Fluminense com as histórias atravessadas por essas perdas. A produção resgata a memória das vidas interrompidas com uma visão crítica sobre a atuação do Estado através das polícias na região, aborda a atuação dos grupos de extermínio a partir da década de 50 e das milícias mais recentemente, sobretudo, no que diz respeito à violência de agentes de Estado contra jovens negros.

A pré-estreia será no Cine Odeon, na Cinelândia, centro do Rio. A exibição do filme começa às 18h30min e em seguida haverá um debate com a presença dos diretores, representantes do Fórum Grita Baixada, do Centro de Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu, mães representantes da Rede de Mães e Familiares da Baixada Fluminense – RJ.

Segundo a produção do filme, logo após a pré-estreia será preparada a agenda das próximas exibições e a obra deve cricular bastante pela Baixada. Vale acompanhar a página do filme e ficar sabendo dos próximos passos.

Página do filme no Facebook: www.facebook.com/NossosMortosTêmVoz

Promo:

Foto: Divulgação
Cartaz da pré-estreia
Equipe e personagens. Foto: Luis Felipe Romano

 


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube