Aconteceu na última sexta-feira, 10-11, uma audiência pública, convocada pelo Vereador Claudio Thomaz, para tratar das questões referentes ao atraso dos salários dos cooperativados da Educação. A vinda da cooperativa por parte do atual governo esse ano foi muito criticada pelo vereador no início do ano, bem como o Sepe sempre denunciou a precariedade das relações de trabalho nesse modelo, que sequer pode ser chamado de vínculo empregatício. Na audiência, os vereadores criticaram o modelo, considerado um ataque aos direitos dos trabalhadores, e lamentaram que nem o governo nem a SME haviam enviado representantes.

O atraso dos salários não atingem só os cooperativados, apesar destes serem os mais prejudicados. Todo o funcionalismo municipal está com dois meses de salários atrasados: setembro e outubro. Isso foi denunciado pelos representantes do SEPE e do PSS. Os vereadores ainda fizeram a observação que visitaram o município onde a cooperativa tem sede e que somente Duque de Caxias, dentre os municípios onde ela atua, estão com os salários atrasados.

As denúncias serão encaminhadas ao Ministério Público.

.

FOTOS: https://photos.google.com/share/AF1QipPiZfFTy3lH2eWiXLS-B7EDh5cSxz7jnKUMOBUuvCfbJpItX-q6fhSisj8TgQmcKw?key=UVBBenFVWXFvTmlQXzRXek03VW5hdHpGLVYtc01R