bagaçaria gente

Tubarão – poesia bêbada rasgando o coração da noite

Esse é o Tubarão. Poeta conceituado nas noites caxienses e nas quebradas poéticas pelo estado a fora. Publicou em 2010 o livro Anarkopoema e Outros, pela Editora Multifoco. É poesia na veia, anárquica e anarquista, romantismo, noite, insights sobre a vida, poesia à moda foda-se e muito mais. Veja ele aqui na madrugada
top