O Rei das Bocas

Confesso que hoje fiquei perplexo. No alto dos meus 42 anos de idade eu não esperava ter tamanho desapontamento. Diante de uma banca, a principal notícia do jornal mais popular de Caxias estampava:

“Megatraficante é preso em Duque de Caxias.”
Embaixo, as letras pequenas continuavam dizendo:

 

“ O jovem dentista Marcos Cruz da Consagração, 51 anos, foi preso neste domingo pelo Setor de monitoramento eletrônico e ações táticas da Polícia Civil. Ele foi investigado durante dois meses numa escuta que descobriu conexões de Madri ao Corte oito, e sua ações podem ter lucrado até e 1 bilhão de reais.”
Sinceramente, não consigo acreditar que era o Marquinho. O cara sempre foi alegria, vivia pra servir a todos, amigo fiel com sorriso largo, não hesitava em socorrer financeiramente os parceiros que passavam por dificuldades. E ainda atendia a qualquer hora da noite. Eu mesmo fui cliente dele por mais de 20 anos. Espero que isso sirva de lição pra gente refletir sobre o mundo em que vivemos. Pessoas vão e vem, surgem amigos, somem amigos, e nunca saberemos com quem realmente estamos tratando. Eu jamais poderia imaginar que esse filho da puta era dentista.

Ricardo Villa Verde, Gordack e Nelsinho Pacheco.


Ricardo Villa Verde

http://www.compulsoresdepartida.blogspot.com

More Posts - Website

Follow Me:
Facebook

1 thought on “O Rei das Bocas

  1. Ficastes 20 anos e continuas de boca aberta pro Marquinhos.
    Trafegar é fundamental. Navegar é preciso. Viver não.
    Lurdinha era a metralhadora que Tenório Cavalcante portaval
    Adelaide era metralhadora de policial nas ” Aventuras do Anjo”,
    seriado diário na Rádio Nacional anos 50 e o policial acionava dizendo
    ” canta Adelaide canta “.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.