👉🏾 Linha do tempo do Prefeito de Duque de Caxias Washington Reis:

📌Março: Washington Reis causou polêmica nas redes sociais ao aparecer em um vídeo defendendo que as igrejas evangélicas de Duque de Caxias ficassem abertas porque “a cura viria delas”. Nas imagens, gravadas no fim de março, 27/03 – 3 casos, nenhum óbito

📌Abril: Caxias confirmou o primeiro caso de coronavírus no dia 23 de março. Mas só após a confirmação da primeira morte na cidade, ocorrido no dia 3 de abril, que a Prefeitura determinou que as pessoas ficassem em casa e a suspensão por 15 dias de serviços. Boletim 4/04 – 13 casos, 3 mortes

📌 22/04 – Após 13 dias de internação para tratamento de Covid-19, o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, recebeu alta nesta quarta-feira do Hospital particular Pró-Cardíaco, em Botafogo. O município da Baixada Fluminense já soma 217 casos de Covid-19, com 38 mortes confirmadas.

📌26/05 Washington Reis (MDB), prefeito de Duque de Caxias (RJ), disse que decidiu reabrir o comércio em razão da disponibilidade de leitos hospitalares e do prejuízo estimado em R$ 100 milhões nos cofres públicos desde o começo da pandemia. “Não tenho bola de cristal”, afirmou em entrevista ao UOL após ser questionado sobre o impacto da medida na população. Ele admitiu, contudo, rever a decisão se houver aumento de mortes e internações.
Boletim: casos 1271 mortes 195

📌O município da Baixada Fluminense é o 2º no estado do Rio com o maior número de mortes por Covid-19

📌27/05 Justiça derruba reabertura do comércio boletim: casos 1293 | mortes 217

📌27/05 Prefeitura para de publicar boletim diário no Facebook

📌28/05 Prefeito recorre ao STF

📌09/06 – Ato em caxias – 303 mortos (casos param de subir porque a Prefeitura parou de divulgar os confirmados, mesmo fazendo testagem em massa).

📌15/06 – inauguração das escolas: 341 mortes

📌20/06 – entrega praça em jardim primavera: 371 mortos

📌3/07 – decreto de reabertura das escolas particulares : 451 mortes

👉🏾E a prefeitura segue afirmando que os números estão em queda, fechando os olhos pra Duque de Caxias. O isolamento social nunca existiu, o Coronavírus mata, mas a desigualdade acelera o óbito.

@wesleyteixeiras


Wesley Teixeira

Sou jovem, negro e morador do Morro do Sapo, em Duque de Caxias, Coordeno o Pré-Vestibular Popular +Nos e organizo a Roda Cultural do Centenário, sou membro da Igreja Evangélica Projeto Além do Nosso Olhar, estudei no Colégio Estadual Irineu Marinho e fui Coordenador Geral da União dos Estudantes de Duque de Caxias.

More Posts

Follow Me:
Facebook