Na maré das incertezas, e mesmo com todas as digitalizações e virtualidades do mundo, uma coisa é certa na área cultural de Caxias: tem muito livro de papel saindo à tona nesse ano da graça de 2013. O que só corrobora a onda boa que vem dando pinta nos últimos anos na cidade.

Cabotinamente falando, meu próximo livro, O Cerol Fininho da Baixada, deve chegar no pedaço ainda nos primeiros meses do ano, saindo pela série Tramas Urbanas, da editora Aeroplano. Confesso que a ansiedade é grande, principalmente porque a série é uma coleção de histórias incríveis sobre a cultura urbana contemporânea no país e é uma honra fazer parte dela – e também porque já tem quase um ano que tá pronto hehe.

Depois tFoucault, A Soberania e a Guerra, de Marcus Vinicius Bezerra Carvalhoeremos também o lançamento de Foucault, A Soberania e a Guerra, do professor, filósofo e poeta Marcus Vinicius Bezerra Carvalho, que sai pela Esteio Editora, do chapa Eduardo Ribeiro. O livro, que já está rodado, tem foco basicamente acadêmico, mas suas afirmações e visões sobre o pensamento do famoso careca filósofo vão mexer até com quem não é versado no assunto. Polêmicas à vista. O primeiro lançamento deve ocorrer na Feuduc e o autor e a editora procuraram algum auditório pelo primeiro distrito também, uma vez que a ideia é um pequeno debate-papo acompanhando o lançamento.

 

 

 

 

Outro livro que vai mexer é o próximo do escritor, poeta e ativista cultural Vicente Portella, que tive a honra e o prazer de revisar. Dessa vez são contos e prosas poéticas que mostram como a pena do sujeito está cada vez mais liricamente afiada e também mais humorada.

André de Oliveira, poeta, blogueiro e ativista cultural da cidade, também está em produção do seu primeiro livro de poesias, uma coletânea das centenas de textos que vêm escrevendo nos últimos vinte anos. Além das publicações na Internet e na revista de poesias Arrulho, segundo André, chegou o momento dos seus textos também rodaram em formato impresso. Provavelmente, sairá na meiúca do ano.

 

Por fim, dessa série “livros que sairão em 2013”, o cineasta, roteirista e produtor musical Cacau Amaral também está mergulhado em seu primeiro livro de papel solo. Falo solo porque o cara já tem muita coisa publicada em coletâneas de contos pelo país. Não dá pra adiantar muito, mas posso garantir que a obra vai mexer no coração da galera que viveu os anos 80 e com os que têm buscado entender a história o país do finalzinho da ditadura através de olhares afetivos.

 

 

 

Fique ligado que o ano será intenso por essas bandas 🙂

 

Atualizando o texto em 11/03, a partir do comentário aí embaixo:

O professor Nielson Bezerra também vai lançar mais um livro! O nome é A Cor da Baixada: escravidão, liberdade e pó-sabolição no Recôncavo da Guanabara. Lançamento no dia 11 de abril, provavelmente no Museu Vivo do Sao Bento. Recado dado. 🙂


heraldo hb

. Animador cultural, escritor e produtor audiovisual nascido no século XX. .

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookFlickrYouTube