Benfeitores do Universo, do compositor Hélio Cabral, foi gravada por Martinho da Vila e, mais recentemente, pela Zélia Duncan. Mas há uma gravação mais antiga deste samba da escola Cartolinhas de Caxias, apresentado originalmente no carnaval de 1953.

Em 1957, o eterno intérprete da Mangeuira, Jamelão, gravou os melhores sambas-enredo de todos os tempos até então. A música da escola que deu origem à Grande Rio estava entre elas. No LP, aparece descrita como “Benfeitores do Brasil”.

LETRA
“Benfeitores do Universo”
Cartolinhas de Caxias 1953

Acordem
Benfeitores do universo
Que vou render tributo aos meus heróis
E nesta apoteose à grandeza
Eu peço a presença de todos vós
De todos vós
Antonio Francisco Lisboa
O maior vulto da arte colonial
Pedro Américo, emérito pintor
João Caetano, o nosso maior ator
Salve José do Patrocínio

O denodado baluarte nacional
Exaltemos Carlos Gomes
Orgulho da nossa terra
No cenário musical

Ruy Barbosa, símbolo da inteligência
Oswaldo Cruz, mártir da ciência
Santos Dumont, o pai da aviação
E Castro Alves, poeta da abolição
Acordem heróis

escolas de samba 1957 jamelao

Gravadora: Continental
Lançamento: 1957

Outros sambas do LP “Escolas de Samba Jamelão”:

1 – Supremo Olhar
(D.E.Coelho e Mestre Fuleiro)

2 – Apoteose Ao Samba
(Mano Décio da Viola e Silas de Oliveira)

3 – Alvorada Na Portela
(Chico Santana)

4 – Graças A Deus
(José Cerqueira)

5 – Samba Na Praça Onze
(Antônio Fontes Soares)

6 – A Mangueira Não Morreu
(Jorge Zagaia)

7 – As Quatro Estações Do Ano
(Alfredo Português, Jamelão e Nelson Sargento) / Samba-de-Enredo Estação Primeira de Mangueira 1955

8 – Deixa O Meu Nome Em Paz
(A.M. de Souza e Pires Sampaio)

9 – Saudade Eterna
(A.M. de Souza e Pires Sampaio)

——-

Outras gravações de “Benfeirores do Unviverso”, da Cartolinhas de Caxias:

– Martinho da Vila

– Zélia Duncan

– Bira da Vila

– Conjunto Nosso Samba

cartolinhas de caxias grande rio


Arthur William

Jornalista e torcedor do Duque de Caxias FC.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookYouTube