A Lurdinha Duque de Caxias para Estômagos Fortes é uma revista eletrônica impulsionada por motivos cardíacos.

A falta de uma opinião pública que interfira de fato nos destinos da cidade faz com que Caxias continue sendo uma cidade grande, populosa, desordenada, com uma das maiores concentrações de renda do país e uma merda do ponto de vista de qualidade de vida.

E uma velha questão: ainda um contingente grande de pessoas que entendem isso, mas que acabam “melhorando de vida” e indo morar no Rio.

E fica patente a falta de uma opinião pública crítica de fato…

Pois bem, a Lurdinha chega pra levantar essa lebre. É pretensão? Sim. Um espaço onde possamos opinar, criticar, sacanear, indicar, protestar, sugerir, trocar ideia, compartilhar, instigar, provocar, esses verbos que fazem muito bem pra qualquer cidade do mundo.

A linha editorial é bem simples: pensamento crítico, provocação estética, mobilização de opinião pública, fotojornalismo, sarcasmos, venenos e maldades, botinadas, cutucões, valorização de pessoas e lugares, contação de histórias, midialivrismo, alegria, denúncias, descarregos.

O que você verá publicado: opiniões sobre a cidade, sobre personalidades, críticas políticas, críticas musicais, fotos, cobertura de eventos, crônicas, comportamento, charges, poesias, foto-montagens, resenhas de disco, dicas de shows e botequins, baixa gastronomia, histórias engraçadas sobre Caxias, trovas, vídeos, entrevistas em texto e em vídeo, manifestos, agenda, convocações políticas, declarações de amor, protestos etc.

E tentando preservar um mandamento importante: SEM CHATICE.

Contatos com a Editoria fala@lurdinha.org

Contato com os colaboradores, é só clicar no nome de cada um. Os comentários são liberados, portanto participe deixando sua opinião! 🙂

Sorria – você está em Caxia!