Estamos em janeiro, mas também estamos na estação das águas de março. Por isso fui ao Parque Natural Municipal da Taquara, onde há cachoeiras.

(Taquara é um bairro de Imbariê, 3º Distrito de Duque de Caxias. Em termos de posição geográfica, este distrito está para Petrópolis assim como Guapimirim está para Teresópolis. De fato, o Parque fica no pé da serra.) Numa das pedras mais altas (deve ser a Pedra da Baleia ou uma formação rochosa próxima a ela), em que havia um espaço que tinha praticamente o formato de uma banheira, a queda de água fazia as vezes de hidromassagem. Com os pés estendidos contra o massageante fluxo de água, eu disse em voz alta apenas para a natureza (um gesto que, agora percebo, pode ter sido inconscientemente motivado por uma crença no animismo, ainda que eu quisesse que houvesse pessoas que me escutassem):

— Isso é que é vida! Cada um de nós nasceu para comer, beber, foder e dormir! Fora, Temer! Lula 2018!


Márcio Alessandro

Márcio Alessandro de Oliveira está no primeiro período da faculdade de Letras da Universidade do Grande Rio, e escreve crônicas para jornais. Nasceu a 10 de maio de 1990, e cresceu em Imbariê e Santa Lúcia, bairros do Terceiro Distrito de Duque de Caxias. http://asfarpascaxienses.blogspot.com

More Posts - Website